Acesso ao principal conteúdo
Europa/Crise

Em contexto difícil, europeus emitem títulos da dívida pública

A Alemanha emite hoje títulos da dívida pública no valor de €5 bilhões.
A Alemanha emite hoje títulos da dívida pública no valor de €5 bilhões. REUTERS/Remote/Alex Domanski

Rumores sobre a perda do triplo A francês preocuparam os mercados às vésperas de uma onda de emissões de títulos públicos na zona do euro. O primeiro país a tentar levantar dinheiro nesta quarta-feira será a Alemanha. Quinta-feira é a vez da França e na próxima semana Holanda, Áustria, Espanha e Itália também devem emitir títulos da dívida soberana.

Publicidade

No total, os países da zona do euro devem tomas emprestados € 800 bilhões em 2012 para pagar suas dívidas soberanas. O primeiro trimestre deve ser o mais ativo, com a emissão de títulos públicos no valor de € 230 bilhões. Isso sem contar os títulos que devem ser emitidos pelo Fundo Europeu de Estabilidade Financeira.

A temporada de empréstimos que começa hoje com Alemanha acontece em um contexto delicado. Segundo analistas, a ameaça de rebaixamento da nota de 15 países europeus é apenas uma das preocupações. Os mercados também se inquietam com a desaceleração do crescimento de vários países, como a Itália, a Espanha e agora também a França, com a difícil recuperação da Grécia e com a perda de credibilidade do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira.

Considerada um refúgio em uma Europa em crise, a Alemanha não deve enfrentar nenhum problema para conseguir empréstimos de € 5 bilhões a dez anos.

A França prevê arrecadar amanhã de € 7 a 8 bilhões, mas corre o risco de ter que pagar juros mais altos do que em 2011. Ontem o spread, ou seja, a diferença dos juros dos títulos públicos a dez anos entre a França e a Alemanha, subiu para 139 pontos, o maior valor desde o dia 8 de dezembro.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.