Acesso ao principal conteúdo
Holanda/ bancos

Banco Central holandês investiga caso Libor no país

Banco francês Société Générale é um dos que admitiu manipular taxas.
Banco francês Société Générale é um dos que admitiu manipular taxas. Reuters

O Banco Central da Holanda declarou hoje que investiga a participação de bancos holandeses no mercado de taxas interbancárias europeias e britânicas Euribor e Libor, no momento em que o segundo enfrenta um escândalo de manipulação de taxas. Vários bancos europeus já foram desmascarados no caso, inclusive o alemão Deutsche Bank, os franceses Société Générale e Crédit Agricole e o britânico HSBC.

Publicidade

“O Banco Central holandês investiga, em colaboração com a autoridade dos mercados financeiros, uma eventual manipulação do processo de fixação do Libor e do Euribor”, disse um porta-voz da instituição, Remko Vellenga. O funcionário explicou que o Banco Central deseja “verificar todos os bancos holandeses”, em uma análise que “já dura um tempo” e se iniciou tão logo o escândalo eclodiu, há pouco mais de um mês.

“Havia razões para fazermos esta investigação, mas não posso fornecer mais detalhes”, declarou o porta-voz.

O escândalo do Libor estourou em 27 de junho, quando o banco britânico Barclays revelou que iria pagar 371 milhões de euros para por fim às investigações dos reguladores britânicos e norte-americanos, após reconhecer ter manipulado em grande escala as taxas interbancárias Libor (britânica) e Euribor (europeia), entre 2005 e 2009. Desde então, o escândalo do Libor se estendeu a outros bancos, o que gerou investigações em vários países.

Os reguladores bancários que investigam o escândalo da taxa Libor analisam possíveis vínculos entre os operadores do britânico Barclay e funcionários de outros quatro bancos europeus, conforme a imprensa britânica. O Libor e o Euribor são taxas interbancárias usadas no mundo inteiro, através das quais uma entidade empresta ou toma emprestado de outra e que repercutem tanto nos cartões de crédito quanto nos créditos a particulares e empresas.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.