Acesso ao principal conteúdo
OMC/Brasil

Roberto Azevêdo assume direção-geral da OMC

Roberto Azevêdo , novo diretor-geral da OMC.
Roberto Azevêdo , novo diretor-geral da OMC. REUTERS/Luke MacGregor/Files

O brasileiro Roberto Azevêdo assumiu oficialmente neste domingo, 1 de setembro, o comando da Organização Mundial do Comércio, de acordo com o comunicado publicado pela instituição em seu site. Azevêdo se torna o sexto diretor-geral da OMC e seu mandato será de 4 anos, conforme definido pelo Conselho Geral reunido em maio.

Publicidade

Não há uma cerimônia de posse prevista mas a OMC informou que o Conselho Geral da instituição programou uma sessão extraordinária no dia 9 de setembro para dar as boas-vindas a Roberto Azevêdo e ouvir seu discurso inaugural.

Durante anúncio da sessão extraordinária, o presidente do Conselho, o embaixador Shahid Bashir,  também afirmou que na ocasião pretende "anunciar, em acordo com o novo diretor-geral, a intensificação dos trabalhos para Bali, e destacando sobretudo a forma da nona Conferência ministerial , incluindo seu documento final”, informou a nota.

O site da OMC também lembra a primeira mensagem de Azevêdo após ser confirmado no cargo. “A 9ª Conferência Ministerial, que acontecerá em Bali de 3 a 6 de dezmbro, é uma prioridade absoluta. Se ela for um sucesso, ela fornecerá à economia mundial o balão de oxigênio que ela tanto precisa”, afirmou.

Azevêdo substitui o francês Pascal Lamy que ficou dois mandatos consecutivos à frente da OMC mas não conseguiu superar os obstáculos que emperram a aprovação da rodada de negociações sobre a liberalização do comércio mundial.

O primeiro compromisso oficial de Azevêdo como novo chefe da OMC será sua participação na reunião do G20, em São Petersburgo, entre os dias 5 e 7 e setembro.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.