Acesso ao principal conteúdo
China/economia

PIB da China acelera e cresce 7,8% no terceiro trimestre

O aumento da produção industrial puxou o crescimento do PIB chinês.
O aumento da produção industrial puxou o crescimento do PIB chinês. REUTERS/Stringer/Files

Depois de mostrar sinais de fraqueza e desaceleração no início do ano, a economia chinesa voltou a exibir seu vigor no terceiro trimestre do ano com o PIB registrando crescimento de 7,8%.  O desempenho é resultado de medidas pró-crescimento adotadas pelo regime de Pequim e também pelo início de retomada da economia mundial favorável às exportações do país.  

Publicidade

O crescimento do Produto Interno Bruto chinês de 7,8% ao ritmo anual corresponde às expectativas dos especialistas de um novo "arranque" da segunda maior economia mundial.

No ano passado, a economia da China registrou crescimento de 7,7%, sua performance mais fraca nos últimos 13 anos. O governo estabeleceu uma meta de crescimento de 7,5% para 2013.

O início do ano em ritmo desacelerado aumentou os temores de um freio brutal na economia chinesa o que levou o governo a anunciar uma série de medidas para estimular a produção, entre elas, reduções fiscais e menos burocracia administrativa.

O fim da recessão em diversos países desenvolvidos entre os meses de junho a agosto também contribuiu para a retomada das exportações do gigante asiático. O comércio exterior do país registrou um salto no período depois de vários meses de queda nas exportações e recuo nas importações.

Mas a volta do crescimento do PIB se deve principalmente à retomada da produção industrial, em alta de 10,2% no período de doze meses até setembro. Especialistas, no entanto, mostram prudência ao observar que a redução de investimentos no setor de infraestrutura pode ser um sinal de que a dinâmica da retomada do crescimento econômica pode ficar comprometida.

Eles estimam que é melhor se preparar para uma desaceleração da China no último trimestre do ano. Isto porque o regime deve intervir novamente para corrigir os desequilíbrios da economia do país para evitar uma subida da inflação. Uma das medidas poderá ser a restrição para concessão de crédito.

 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.