Acesso ao principal conteúdo
OMC/acordo

OMC perto de assinar acordo histórico

Ministros integrantes da OMC devem assinar tratado histórico no sábado.
Ministros integrantes da OMC devem assinar tratado histórico no sábado. REUTERS/Edgar Su

Os ministros dos países integrantes da OMC (Organização Mundial do Comércio) devem, salvo surpresa de último minuto, vão assinar no sábado, em Bali, Indonésia, a mais importante reforma das regras do comércio internacional depois de décadas. Nas negociações em curso, a Índia foi convencida a apoiar um projeto de compromisso.

Publicidade

O texto elaborado depois da conferência ministerial de Bali prevê principalmente a supressão de barreiras comerciais e a simplificação dos procedimentos alfandegários.

Alguns analistas estimam que o impacto dessa reforma sobre a atividade econômica global poderá ser traduzido em centenas de bilhões de euros, permitindo a criação de mais de 20 milhões de empregos, principalmente nos países em desenvolvimento.

Um fracasso da conferência de Bali teria sido um grande fiasco para a OMC, fundada em 1995 e que até hoje não conseguiu emplacar um acordo global que convencesse os 159 países membros.

“É uma vitória para a OMC e para a comunidade mundial chegar a essa decisão ponderada”, declarou o ministro indiano do Comércio, Anand Sharma.

Para ser definitivamente concluído, o projeto de acordo deve ser aprovado por unanimidade, o que ainda não é uma certeza. Um delegado cubano chegou a bater o punho contra a mesa e aumentou o tom da voz contra o diretor-geral da OMC, o brasileiro Roberto Azevedo, depois da distribuição do texto, segundo relato de um participante.

Cuba exige que os Estados Unidos acabem com o embargo econômico contra a ilha. Mas diplomatas estimam que essa reivindicação não deva impedir a conclusão do acordo.
 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.