Acesso ao principal conteúdo

Cotas raciais no futebol francês: Blanc dá depoimento nesta segunda

O treinador da seleção francesa de futebol, Laurent Blanc
O treinador da seleção francesa de futebol, Laurent Blanc Reuters

O técnico da seleção francesa voltou de férias na Itália e será ouvido durante o dia. Caso de cotas raciais nos centros de formação de futebol do país choca a França, mas não tira a confiança do trabalho do treinador. 

Publicidade

Flávio Botelho, em colaboração com a RFI

Laurent Blanc será ouvido nesta segunda-feira na comissão de investigação da Federação Francesa de Futebol. O assunto do depoimento: a polêmica sobre as cotas raciais no futebol francês. Blanc estava no norte da Itália, na cidade de de férias até o último sábado e já retornou à França. A única dúvida é sobre o local do depoimento do treinador dos Bleus: se será em Bordeaux, onde ele mora, ou se será na capital Paris.

O caso choca a França nas últimas semanas: em revelação do site "Mediapart" do último dia 28 de abril, uma reunião da alta cúpula da Federação no final do ano passado discutiu a instauração de cotas para negros e árabes entre jovens de 12 a 14 anos, nos centros de formação de jogadores do país.

Apesar da gravidade das acusações, Laurent Blanc ainda passa confiança: em recente sondagem, entre 71 e 74% dos franceses não querem que o atual treinador da seleção do país deixe o cargo. Nas últimas semanas, Blanc também tem recebido o apoio de antigos companheiros do título mundial de 98. O último deles foi Zinedine Zidane, que declarou ter confiança no treinador em entrevista ao jornal esportivo "L'Équipe" desse último domingo. Zizou diz conhecer bem Laurent Blanc e afirmou que ele não é racista.

Campeões pela Europa

No futebol, saiu mais um campeão na Europa: depois do Porto, em Portugal, foi a vez do Milan, dos brasileiros Thiago Silva, Robinho e Alexandre Pato. O rubro-negro de Milão empatou em 0 x 0 com a Roma no último sábado e, com isso, conquistou seu 18º título italiano com duas rodadas de antecipação.

Na Inglaterra e na Espanha, apenas um ponto separam Manchester United e Barcelona das respectivas conquistas nacionais. Os Diabos Vermelhos venceram o Chelsea por 2 x 1 nesse último domingo e, faltando duas rodadas para o fim do Campeonato Inglês, o time de Alex Ferguson precisa de só um ponto para se tornar o maior detentor de títulos do país, passando o Liverpool com 19 conquistas. Em território espanhol, o Barça também está com uma mão na taça. O time de Pep Guardiola venceu o clássico catalão contra o Espanyol por 2 x 0, e precisa de um empate nas três últimas partidas do Campeonato Espanhol.

Na França, o Lille venceu o Nancy por 1 x 0 no último sábado e, com a derrota do vice-líder Olympique de Marselha para o Lyon por 3 x 2 na noite desse último domingo, voltou a abrir quatro pontos de vantagem na tabela, faltando três rodadas para o fim da competição.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.