Acesso ao principal conteúdo
Londres/2012

Londres está pronta para acolher Olimpíadas, diz COI

Estádio Olímpico de Londres será a sede das cerimônias de abertura e encerramento das Olimpíadas de 2012.
Estádio Olímpico de Londres será a sede das cerimônias de abertura e encerramento das Olimpíadas de 2012. REUTERS/Stefan Wermuth

Após encerrar sua última visita de inspeção antes da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, em 27 de julho, o Comitê Olímpico Internacional afirmou nesta sexta-feira que Londres está bem encaminhada para organizar um evento “excepcional”. A equipe terminou sua décima visita que durou apenas 2 dias, mas o suficiente para o Comitê avaliar que a capital inglesa está pronta para sediar o maior evento esportivo mundial.

Publicidade

“Ainda faltam 119 dias mas posso garantir que Londres está pronta para acolher o mundo”, disse Denis Oswald, presidente da commissão de coordenação do Comitê durante uma entrevista coletiva.

“Há sete anos, em Cingapura, a equipe de Londres apresentou um projeto olímpico e paraolímpico muito forte e estamos felizes em constatar que esta visão está se tornando uma realidade e que Londres está se preparando para um evento excepcional”, afirmou Oswald.

“O mundo espera muito de Londres e sabemos que Londres está pronta e que as pessoas não ficarão decepcionadas”, garantiu o presidente da comissão de coordenação. Apesar de muitos elogios, Denis Oswald lembrou que ainda há muitas coisas para serem feitas, mas são detalhes finais, de acabamento que não comprometem o compromisso da capital britânica. “Mas às vezes são os detalhes que fazem a diferença”, alertou.

Apesar de tantos elogios, Oswald também deixou um conselho ao comitê de organização londrino. “Vocês já fizeram um trabalho gigantesco, mas fiquem concentrados. Fiquem concentrados para cruzar a linha de chegada”, disse.

Denis Oswald também defendeu o sistema de venda de ingressos que suscitou muitas críticas. “Estamos totalmente satisfeitos com a maneira como a venda foi organizada. O problema é apenas a consequência do sucesso dos Jogos”, declarou, em alusão aos torcedores que não puderam adquirir ingressos.

Outro voto de confiança foi dado ao sistema de transporte, considerado uma das tarefas mais difíceis enfrentadas pelo comitê organizador local.

“Aqui não existem grandes avenidas, não é Pequim. Levando-se em consideração as circunstâncias e a geografia da cidade, todos os esforços foram feitos para que o sistema seja eficaz”, resumiu Oswald.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.