Acesso ao principal conteúdo
Tênis/Espanha

Federer desiste de torneio de Madri para acompanhar mulher grávida

O suíço Roger Federer anunciou nesta terça-feira, 6, que não participará do Masters 1.000 de Madri.
O suíço Roger Federer anunciou nesta terça-feira, 6, que não participará do Masters 1.000 de Madri. REUTERS/Eric Gaillard

Roder Federer, o quarto melhor tenista do mundo, anunciou nesta terça-feira (6) que desistiu de participar do Masters 1000 de Madri que acontece neste momento na capital espanhola. O suíço justificou a decisão dizendo que vai passar as próximas semanas ao lado da mulher grávida do terceiro filho do casal. A decisão tira da competição mais um forte pretendente ao título, após a desistência de Novak Djokovic no domingo.

Publicidade

"Decidi me retirar do torneio de Madri para ficar ao lado de minha esposa, Mirka, durante as próximas semanas que serão muito emocionantes para a nossa família. Peço desculpas a meus fãs e espero estar de volta a Madri no próximo ano" escreveu o quarto tenista do mundo em sua conta no Facebook.

Federer, triplo vencedor do torneio espanhol, deveria estrear na disputa na segunda rodada, amanhã, quarta-feira (7), contra o francês Gilles Simon. O suíço venceu o Aberto de Madri, em 2006, 2009 e 2012. Ele não mencionou quando voltará às quadras e nem sua participação em Roland Garros. O importante torneio francês começa em 25 de maio.

Desistência de Djokovic

O sérvio Novak Djokovic, número dois do mundo, machucou o pulso e desistiu no domingo de participar do Masters 1000. A ausência dos dois tenistas facilita a disputa e aumenta as chances dos dois outros grandes favoritos em Madri, o espanhol Rafael Nadal, melhor do mundo, e o suíço Stanislas Wawrinka, o n° 3 do ranking da ATP.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.