Acesso ao principal conteúdo
Tênis/França

Djokovic e Nadal vencem em Roland Garros e se enfrentam nas quartas

Rafael Nadal, em lance na partida contra o americano Jack Sock no torneio de Roland Garros.
Rafael Nadal, em lance na partida contra o americano Jack Sock no torneio de Roland Garros. Foto: Reuters

Os principais tenistas do quadro masculino avançaram para as quartas de final de Roland Garros após suas vitórias nesta segunda-feira (1). Os resultados confirmaram o choque mais aguardado das quartas entre o atual número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic, e o espanhol Rafael Nadal, vencedor nove vezes do torneio. No feminino, a atual campeã, Maria Sharapova, foi a grande decepção ao ser eliminada nas oitavas de final pela tcheca Lucie Safarova.

Publicidade

O duelo tão esperado e previamente anunciado nas quartas de final entre Novak Djokovic e Rafael Nadal vai mesmo acontecer. O espanhol foi o primeiro a se classificar, após depachar o americano Jack Sock por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/1, 5/7 e 6/2. Poucos minutos depois, o sérvio Novak Djokovic confirmou o seu favoritismo e venceu o francês Richard Gasquet por 3 sets a 0, parciais de 6/1,6/2 e 6/3.

"Agora podemos falar desse jogo", reagiu bem humorado Nadal durante a entrevista coletiva. Descartando a percepção de que o confronto seria uma "final antecipada"» Nadal garantiu que Djokovic será sem dúvida o adversário mais difícil que terá enfrentado na fase da competição. "Quem vencer, vai se classificar para a semifinal e não significa que vai ganhar o torneio", garantiu.

Quem também avançou para as quartas foi o suíço Roger Federer. Ele e o francês Gaël Monfils voltaram às quadras depois de terem o joogo interrompido no domingo (31) por falta de luz natural, quando empatavam em 1 set. Federer, atual número 2 mundial, venceu por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6, 6/4 e 6/1. Na próxima rodada, o suíço enfrenta seu compatriota Stanislas Wawrinka.

Outro duelo definido nas quartas foi entre o britânico Andy Murray e espanhol David Ferrer. Murray passou pelo francês Jérôme Chardy por 3 sets a 1 (6/4, 3/6, 6/3 e 6/2). Já o espanhol Ferrer teve menos dificuldade em passar pelo croata Marin Cilic. A vitória foi por 3 sets a 0 (6/2, 6/2 e 6/4).

Sharapova decepciona

No feminino, o quadro das semifinais também ficou definido, após as partidas desta segunda-feira. A grande surpresa da rodada foi a eliminação da atual campeã do torneio, a russa Maria Sharapova. Ela foi surpreendida pela tcheca Lucie Safarova, cabeça de chave número 13 do torneio.

Defendendo o título e lutando contra um resfriado desde o início do torneio, a russa não conseguiu ter o controle da partida e depois de perder o primeiro set no tie break 7/6 [7 - 3] não conseguiu superar a tcheca no segundo, perdido por 6/4. Com o adeus de Sharapova após a derrota por 2 sets a 0, Safarova irá enfrentar nas quartas a espanhola Garbine Muguruza,. A cabeça de chave número 21 despachou a italina Flavia Penatta por 2 sets a 0 (parciais de 6/3 e 6/4).

A melhor tenista da atualidade, Serena Williams, se classificou, mas no sufoco. A número 1 mundial enfrentou muitas dificuldades para bater sua compatriota Sloane Stevens. Depois de um início de partida completamente perdida em quadra, refletido no placar de 6/1 para a adversária, Serena se recuperou e começou a virada apenas no final do set seguinte, quando chegou a perder por 5/4. Seus golpes potentes garantiram a virada por 7/5.

No último e decisivo set, as duas americanas travaram uma batalha muito equilibrada, só decidida depois que Serena quebrou o serviço de Sloane para fazer 3/2. Na sequência, ele pressionou a adversária até fechar o set em 6/3 e a partida em 2 sets a 1.

Na próxima rodada, a americana enfrentará a italiana Sara Errani, que venceu a alemã Julia Goerges por 2 sets a 0 (parciais de 6/2 e 6/2).

 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.