Acesso ao principal conteúdo
Tênis/França

Djokovic acaba com reinado de Nadal em Roland Garros e vai à semifinal

Novak Djokovic celebra sua vitória sobre Rafael Nadal na quadra central de Roland Garros.
Novak Djokovic celebra sua vitória sobre Rafael Nadal na quadra central de Roland Garros. RFI/Pierre René-Worms

Em grande forma e com a confiança em alta, o sérvio Novak Djokovic superou com uma surpreendente facilidade a pressão do espanhol Rafael Nadal e fez história nesta quarta-feira (3) em Roland Garros ao vencer e despachar o “Rei do Saibro” parisiense por 3 sets a 0. O adeus a seu torneio preferido foi amargo, mas Nadal admitiu a superioridade de seu adversário.

Publicidade

O reinado de Rafael Nadal em Roland Garros acabou após um combate que durou 2h27. Nove vezes vencedor do Aberto da França, o espanhol se curvou nas quartas para nada menos que o número 1 do mundo: Novak Djokovic. O sérvio soube controlar o jogo no momento mais dificil, no final do primeiro set, quando Nadal chegou a evitar vários sets points. Mas sem ceder ao nervosismo, Djokovic conseguiu fechar em 7/5.

O espanhol sentiu a força do adversário e cedeu no set seguinte por 6/3. Finalmente, mostrando que estava em um nível bem abaixo do rival, Nadal perdeu feio o set seguinte por 6/1, sendo definitivamente ejetado do seu trono nas quartas de final.

Visivelmente decepcionado por não atingir seu objetivo de chegar à 10ª vitória no torneio que o consagrou, o espanhol se rendeu às evidências. "Perdi, só me cabe parabenizar o rival. Estive muito próximo no 1° set, mas se olharmos toda a partida, nunca estive à frente do placar. Ele foi melhor que eu. E quando alguém é melhor do que você, primeiro é parabenizá-lo e depois aceitar. Terceiro, entender porquê e quarto trabalhar para superar. Não há nada mais que eu veja para tentar mudar as coisas", afirmou.

A derrota segue uma tendência observada desde o começo do ano, com os péssimos resultados acumulados pelo espanhol. Rafael Nadal faturou apenas o torneio de Buenos Aires, e foi derrotado nas principais competições de saibro na temporada: Monte Carlo, Madri e Roma. "Minha vida segue, minha carreira segue, O tênis é assim : ganhe ou perda, na semana que vem você volta a competir. A vida continua", finalizou.

Despenca no ranking

Rafael Nadal também comentou sua queda no ranking, já que com a derrota passará de 7° para 10° lugar. Ele pode ainda sair do Top Ten se o francês Jo-Wilfried Tsonga vencer Stanislas Wawrinka e disputar a final. "Este número 10, tendo seis meses menos no computador, e jogando mal nestes seis meses, ou nos últimos três meses e meio... (Pausa). Meu nível é melhor que esse e vou melhorá-lo", assegurou.

Foi apenas a segunda derrota de Rafael Nadal no saibro parisiense, já que em 2009 ele foi eliminado pelo sueco Robin Soderling. Com o resultado, ele interrompeu a sequência recorde de títulos, mas voltou a vencer nos anos seguintes e somou nove conquistas em Paris. O feito dificilmente será igualado, avaliam especialistas e até jogadores de tênis.

O resultado desta quarta-feira também diminui a diferença de confrontos entre os dois tenistas. Djokovic agora tem 21 vitórias contra 23 de seu rival. O sérvio, no entanto, ainda continua bem atrás do espanhol em jogos no saibro parisiense. Foram cinco derrotas, nas quartas em 2006, nas semis em 2007, 2008 e 2013 e ainda em uma final de 2012.

O espanhol Rafael Nadal diz adeus a Roland Garros depois de perder para Djokovic.
O espanhol Rafael Nadal diz adeus a Roland Garros depois de perder para Djokovic. Foto: Reuters

Ao eliminar seu maior rival no piso de terra batida, Djokovic fica com o caminho mais livre para conquistar o único Grande Slam que falta na carreira. Mas, para chegar à final terá que passar pelo britânico Andy Murray que venceu o espanhol David Ferrer por 3 sets a 1, com parciais de 7/6, 6/2, 5/7 e 6/1.

Serena passa com tranquilidade

No feminino, Serena Wiliams não tremeu e praticamente humilhou a italiana Sara Errani por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1. Na semifinal ela enfrenta a suíça Timea Bacsinszky que hoje passsou pelabelga Alison.Van Uytvanck também pelo placar de 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 7/5. 

Nesta quinta-feira as duas tenistas voltam às quadras para disputar uma vaga na final, assim como a sérvia Ana Ivanovic que vai enfrentrar a tcheca Lucie Safarova.
 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.