Acesso ao principal conteúdo
Europa/Itália

Quatro candidatos cotados para suceder Berlusconi

A Itália busca acalmar os mercados depois do anúncio da saída do governo do primeiro-ministro, Sílvio Berlusconi, na noite de terça-feira.
A Itália busca acalmar os mercados depois do anúncio da saída do governo do primeiro-ministro, Sílvio Berlusconi, na noite de terça-feira.

O ex-comissário europeu, Mario Monti, de 68 anos, nomeado nesta quarta-feira senador vitalício, vem aparecendo como o nome mais citado para chefiar o governo de transição italiano, no lugar do primeiro-ministro, Sílvio Berlusconi, que anunciou sua demissão na noite desta terça-feira. Berlusconi não irá se apresentar às eleições antecipadas previstas para fevereiro de 2012. Seu sucessor será designado pelo presidente italiano, Giorgio Napolitano.

Publicidade

Outro candidato é Giuliano Amato, de 73 anos, membro do partido democrata de esquerda, principal partido de oposição, mas respeitado também pelos grupos políticos de direita. Especializado em direito constitucional, ele recentemente dirigiu a comissão de organização das celebrações dos 150 anos da unificação italiana. O atual secretário de Estado na presidência do Conselho e candidato a presidência da república derrotado em 2006, Gianni Letta, 76 anos, é outro nome cotado para a sucessão.

Já a candidatura que tem o apoio de Berlusconi é o do jurista de 41 anos, Angelino Alfano. O ex-ministro da Justiça e dirigente, desde junho, do Povo da Liberdade (PDL), partido fundado pelo atual primeiro-ministro, é conhecido por ter elaborado uma lei que imuniza juridicamente seu mentor.

A Itália busca acalmar os mercados depois do anúncio da saída de Berlusconi. As medidas acordadas com a União Europeia, como novas leis de estabilidade financeira devem ser aprovadas até no máximo esse sábado ou domingo, é o que garante o presidente italiano. As bolsas europeias e americanas fecharam na quarta-feira no vermelho, inquietas com a situação no país.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.