Acesso ao principal conteúdo
Frio/Itália

Frio deixa pelo menos seis mortos na Itália e provoca caos em Roma

A prefeitura de Roma fechou os principais monumentos neste sábado, inclusive o Coliseu.
A prefeitura de Roma fechou os principais monumentos neste sábado, inclusive o Coliseu. Foto: Reuters

As baixas temperaturas atingiram uma grande parte do país, inclusive Roma, onde nevou pela primeira vez em quinze anos. A região de Nápoles e a Sardenha também foram afetadas. Até agora, pelo menos cinco pessoas já morreram por conta do frio, que deve continuar, segundo as previsões, até o final da próxima semana.

Publicidade

Roma amanheceu coberta de neve, para a alegria dos turistas e o desespero dos italianos, já que o caos reinava na capital italiana, onde o trânsito ficou parado. O prefeito da cidade, Giorgio Alemanno, pediu que as forças de segurança, incluindo a polícia, as forças armadas e os bombeiros participassem das operações de limpeza das rodovias.

O prefeito de Roma também proibiu que os carros sem pneus e equipamentos adequados para enfrentar a neve circulassem nas ruas, e pediu à população que ficasse em casa. Como poucos romanos utilizam os acessórios, a maioria dos motoristas preferiu deixar o carro na garagem. Somente na parte da tarde o tráfego aumentou, apesar da dificuldade de circulação. Com o sol, a neve derreteu e se transformou em gelo, deixando as pistas extremamente escorregadias. Os principais monumentos da cidade, como o Coliseu e o Fórum, amanheceram cobertos de neve e foram fechados.

Nos centros comerciais, as prateleiras de frutas e legumes estavam vazias, já que os caminhões que abastecem os supermecados não puderam entrar na cidade. Centenas de pessoas também ficaram bloqueadas nas estradas, e nos trens. Uma balsa que transportava 263 passageiros perdeu o controle e bateu em uma barragem na saída do porto de Civitavecchia, no norte da cidade. Além de Roma, a região da Toscana também está em estado de alerta. A temperatura registrada nesta sexta-feira chegou a 10 graus negativos, e muitos moradores ficaram sem eletricidade.

Frio deixa vítimas

O frio inesperado já deixou pelo menos cinco mortos na Itália. Neste sábado, um sem-teto foi encontrado perto de Castiglione del Lago. Na província de Avellino, perto de Nápoles, uma mulher de 46 anos foi oterrada pela neve, e no centro do país, em Molise, um homem foi achado morto na sexta-feira, dentro de um carro, parado na estrada.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.