Acesso ao principal conteúdo
Reino Unido/William e Kate

Reino Unido se prepara para chegada do bebê de Kate e William

O príncipe William (d) e sua esposa Kate, duquesa de Cambridge durante cerimônia, 15 de junho de 2013
O príncipe William (d) e sua esposa Kate, duquesa de Cambridge durante cerimônia, 15 de junho de 2013 Reuters/Paul Hackett

Menino ou menina ? Oficialmente, o príncipe William e Kate Middleton, que deve dar à luz nos próximos dias, optaram pela surpresa, e só vão descobrir o sexo do bebê na última hora. Um verdadeiro esquema de guerra estaria sendo montado para evitar que a notícia "vaze" antes de chegar ao conhecimento da rainha.

Publicidade

O bebê real nascerá no St Mary Hospital de Londres, no mesmo lugar onde a princesa Diana deu à luz ao príncipe William e seu irmão, Harry. Mas os fotógrafos já estão de plantão no local desde o dia primeiro de julho.

Segundo informações que circularam na imprensa, a certidão de nascimento será feita no hospital e colocada em um envelope lacrado. Em seguida, o documento será levado sob escolta policial ao palácio de Buckingham. O recém-nascido será o terceiro na ordem de sucessão do trono.

Seguindo a tradição, a notícia será colocada na grade que cerca o palácio, e só então a população saberá se o herdeiro é um príncipe ou uma princesa. O nome da criança, entretanto, só será divulgado dentro de alguns dias. Pela primeira vez na história da realeza, que se adapta aos tempos modernos, a chegada do bebê será divulgada no Twitter e no Facebook. O cerimonial ainda inclui 103 tiros de canhões e uma primeira sessão de fotos e vídeo oficial.

O príncipe (ou princesa) já é considerado o bebê mais famoso do mundo. Mas o casal real não medirá esforços para preservar sua privacidade. A família real ainda guarda o trauma da morte de Diana, perseguida por um papparazi, e das fotos de Kate em topless quando passava férias na França. O palácio já divulgou um comunicado pedindo à imprensa “que tenha sensibilidade” e respeite esse momento.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.