Acesso ao principal conteúdo
Tensão/Ucrânia

Tropas russas começam sua retirada da fronteira com a Ucrânia

Pró-russos e militares ucranianos se confrontam na cidade de Odessa, na Ucrânia, nesta segunda-feira (19), apesar do anúncio da retirada das tropas russas da fronteira com o país.
Pró-russos e militares ucranianos se confrontam na cidade de Odessa, na Ucrânia, nesta segunda-feira (19), apesar do anúncio da retirada das tropas russas da fronteira com o país. REUTERS/Yevgeny Volokin

As tropas russas recuaram ao menos 10 quilômetros da fronteira com a Ucrânia nesta terça-feira (20). O anúncio foi feito por um responsável da Guarda de Fronteira ucraniana no início da tarde. A retirada já havia sido confirmada mais cedo pelo ministério da Defesa da Rússia.

Publicidade

A ordem para a retirada das tropas russas da fronteira com a Ucrânia foi dada ontem pelo presidente Vladimir Putin. Por enquanto, Estados Unidos e Otan declararam não ter ainda provas oficiais do movimento de retirada dos milhares de soldados estacionados na fronteira com a Ucrânia desde março.

As manobras militares russas aumentaram a tensão na região. Os ocidentais temiam uma invasão no leste da Ucrânia, reduto dos separatistas pró-russos. Se oficialmente confirmada, a retirada acontece cinco dias antes das eleições presidenciais ucranianas, previstas para o próximo domingo, dia 25 de maio.

Eleições presidenciais

O ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov, declarou hoje que as eleições apenas aumentarão a tensão na Ucrânia. A autoproclamada República Popular de Donetsk também já avisou que não reconhecerá o resultado da presidencial.

A Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) fez um apelo nesta manhã para que o movimento separatista pró-russo e os ucranianos se abstenham de qualquer tipo de “violência, intimidação ou atos de provocação” no domingo. Para a OSCE, as presidenciais são essenciais para a estabilização do país. De acordo com a ONU, a crise na Ucrânia já deixou 10 mil refugiados.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.