Acesso ao principal conteúdo
Alemanha/Rússia

Merkel considera "impensável" retorno da Rússia ao G7

A chanceler alemã, Angela Merkel, durante discurso aos deputados no Parlamento alemão.
A chanceler alemã, Angela Merkel, durante discurso aos deputados no Parlamento alemão. REUTERS/Fabrizio Bensch

A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou nesta quinta-feira (21) que uma volta da Rússia ao G7, que reúne os países mais industrializados do mundo, é "impensável", devido à situação na Ucrânia e ao desrespeito do país ao direito internacional.

Publicidade

A declaração de Merkel foi dada durante apresentação das diretrizes políticas do governo aos deputados no Parlamento alemão. A Alemanha sedia uma reunião do G7 no início de junho na Baviera, no sul do país.

Segundo Merkel, "enquanto a Rússia não acatar os princípios do direito internacional, um retorno ao formato G8 é impensável", enfatizou. A chanceler alemã voltou a criticar a anexação da Crimeia por Moscou, ao mesmo tempo em que tentou tranquilizar os russos sobre os objetivos da "Parceria Oriental", um conjunto de acordos em discussão hoje e amanhã, na Letônia, num encontro dos 28 países da União Europeia e dirigentes de seis ex-repúblicas soviéticas − Ucrânia, Geórgia, Moldávia, Azerbaijão, Armênia e Belarus.

Parceria Oriental

Merkel disse que a "Parceria Oriental" não vai funcionar como um instrumento de ampliação da União Europeia. "Não devemos estimular falsas expectativas que, no futuro, não teremos condições de cumprir", disse a chanceler. "A Parceria Oriental não é dirigida contra ninguém, muito menos contra a Rússia", acrescentou Merkel.

Os europeus consideram que a anexação da península da Crimeia pelos russos, no ano passado, e o apoio do Kremlin aos rebeldes separatistas pró-russos no leste da Ucrânia demonstram a determinação do governo de Vladimir Putin de impedir, inclusive pela força militar, a aproximação de ex-repúblicas soviéticas dos países ocidentais.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.