Acesso ao principal conteúdo
UE/Imigração

Itália dispersa protesto de imigrantes na fronteira com a França

Imigrante segura cartaz em que pede a liberaração da fronteira franco-italiana.
Imigrante segura cartaz em que pede a liberaração da fronteira franco-italiana. REUTERS/Eric Gaillard

A polícia italiana dispersou neste sábado (13) os cerca de 200 imigrantes que estavam reunidos há dois dias em Ventimiglia, na fronteira da Itália com a França. A operação policial foi lançada depois que os imigrantes fizeram uma manifestação para protestar contra o bloqueio dos agentes da fronteira, que impedem que eles continuem a viagem para países do norte da Europa.

Publicidade

Dezenas de imigrantes, bloqueados na fronteira italiana com a França, se manifestaram neste sábado de forma pacífica em Ventimiglia. Os imigrantes são em sua maioria oriundos da África e chegaram à Itália depois de cruzar o Mar Mediterrâneo em barcos que zarparam da Líbia, segundo a Cruz Vermelha. Os manifestantes são provenientes principalmente da Somália, Eritreia, Costa do Marfim e Sudão.

Ponto de passagem para a França, Ventimiglia não possui um albergue ou outro tipo de estrutura para acomodar os imigrantes. Segundo a Cruz Vermelha, eles querem seguir viagem para países do norte da Europa, mas se encontram bloqueados na cidade italiana. Esse impasse criou tensão nas últimas horas. 

Desde o início do ano, mais de 50 mil pessoas desembarcaram nas costas italianas.

(Com informações da AFP)

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.