Acesso ao principal conteúdo

Crise sanitária vai fazer com que França seja confrontada com forte recessão

Fachada do Banco de França em Paris.
Fachada do Banco de França em Paris. © AFP/ JOEL SAGET

 Fortemente afectada pelo impacto da crise sanitária,resultante da propagação do coronavírus,a  economia francesa será confrontada este ano com uma recessão de uma dimensão sem precedentes, devido à queda brutal do seu produto interno bruto. A análise sobre a difícil conjuntura económica francesa, é véiculada num relatório divulgado nesta quarta-feira pelo Banco de França.    

Publicidade

Segundo uma estimativa publicada pelo Banco de França, o PIB francês registou uma queda de cerca de 6%, nos  três primeiros meses de 2020, o que significa a pior taxa de produtividade da economia francesa, desde o fim da Segunda Guerra mundial em 1945. 

De acordo com INSEE(Instituto Nacional de Estatísticas e dos Estudos Económicos), o facto de o PIB já  ter registado um recuo de 0,1% no quarto trimestre, então podemos considerar que a França está técnicamente em recessão.

Dos países industrializados do G7, a França torna-se o primeiro a oficializar a sua entrada em recessão.

A Itália e o Japão, igualmente do grupo do G7, cuja estagnação económica foi confirmada no último trimestre de 2019, deveriam seguir a França.

Em contrapartida a Alemanha poderá escapar da recessão no imediato, mas o país não está ao abrigo de uma contracção económica.

Há um mês apenas, as previsões, do Banco de França, apontavam para uma taxa de crescimento de 0,1%. Semelhantes previsões precederam, evidentemente, a propagação massiva da epidemia do coronavírus em França.

A queda actual do PIB francês só é comparável com a registada no segundo trimestre de 1968, provocada pelos acontecimentos de Maio de 1968.

De acordo com o governador do Banco de França,François Villeroy de Galhau, o crescimento económico da França será bastante negativo em 2020, antes de uma retoma em 2021. 

França confrontada com recessão sem precedentes

 

      

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.