Acesso ao principal conteúdo
Antilhas Francesas/Dengue

Exército francês faz campanha de combate à dengue nas Antilhas

O mosquito transmissor da dengue aedes aegypt se propaga rapidamente em várias regiões do mundo.
O mosquito transmissor da dengue aedes aegypt se propaga rapidamente em várias regiões do mundo. Marcos Teixeira de Freitas/Flickr

O Exército francês lançou uma operação para combater focos de propagação do mosquito da dengue nas Antilhas Francesas. A epidemia é uma das maiores já registradas nesses territórios franceses ultramarinos. Segundo a OMS, a doença se espalha rapidamente em vários países do mundo.

Publicidade

Cerca de dois quintos da população mundial correm o risco de contrair o vírus da dengue transmitido pelo mosquito aedes aegypt. O alerta é da Organizaçao Mundial de Saúde (OMS) que calcula que 50 milhões de novos casos da doença surjam a cada ano. Mas, para o Instituto Pasteur, em Paris, esse número pode dobrar por causa do ritmo acelerado de expansão da doença.

A epidemia de dengue nas Antilhas Francesas levou o exército francês a mobilizar a força-tarefa militar para combater os focos do mosquito. A operação começou nesta segunda-feira e conta também com uma campanha na televisão para explicar a população sobre os riscos de deixar recepientes com água acumulada, além de recomendar a utilização de repelentes. Segundo dados do Ministério da Saúde da França, desde o começo da epidemia em 2010, já são mais de 50 mil casos nos dois territórios franceses. Um recorde após o pico da epidemia em 2007.

Já no Brasil, as autoridades sanitárias estão preocupadas com o aparecimento do tipo 4 da dengue no norte do país. No momento, não há risco de epidemia, mas o novo vírus pode aumentar o risco da forma hemorrágica da doença, a mais perigosa.

A dengue é hoje considerada como uma doença endêmica em mais de 100 países da Africa, da América Latina e no sudeste asiático. Após 40 anos sem nenhum caso nos Estados Unidos, foram descobertos alguns doentes na Flórida no ano passado e neste ano.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.