Acesso ao principal conteúdo
França/Política

Centrista François Bayrou entra na disputa eleitoral contra Sarkozy e Hollande

O presidente do partido francês Modem, François Bayrou.
O presidente do partido francês Modem, François Bayrou. BORIS HORVAT / AFP

Mais um candidato anunciou sua entrada na disputa das eleições presidenciais francesas do ano que vem. O presidente do Partido Modem, François Bayrou, chegou em terceiro lugar no último pleito de 2007, quando Nicolas Sarkozy venceu, e quer novamente desafiar seu adversário de direita, além do socialista François Hollande.

Publicidade

A confirmação será oficializada no dia 5 de dezembro, mas François Bayrou já adiantou na noite desta sexta-feira, no canal de televisão TF1, que será candidato às eleições presidenciais na França de abril de 2012, o que não provocou muita surpresa.

Esta é a terceira vez que ele tenta ser presidente. Em 2002, ano da vitória de Jacques Chirac, Bayrou ficou com apenas 6,8% dos votos. Em 2007, conquistou 18,5%, atrás de Sarkozy e da então candidata do Partido Socialista, Ségolène Royal.

Aliado de Sarkozy quer atrair Bayrou em eventual segundo turno

A decisão do líder do Movimento Democrático Francês divide ainda mais a base eleitoral de Sarkozy, do partido UMP. O ministro das Relações Internacionais da França, Alain Juppé, também do UMP, mandou uma mensagem para Bayrou nesta sexta-feira.

“Ele é um amigo a quem tenho consideração, que defende suas ideias. Ele tem todo o direito. Eu espero simplesmente que ele não cometa um erro na escolha da sua família. A sua família de origem não é o partido socialista”, disse o chanceler, dando a entender que, em um eventual segundo turno entre Sarkozy e Hollande, Bayrou seria chamado a apoiar a reeleição do presidente.

De acordo com a última sondagem, se as eleições fossem hoje, o socialista François Hollande seria o vencedor com 30% votos, contra 26% de Sarkozy e 7% de Bayrou.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.