Acesso ao principal conteúdo
França/ eleições

Propaganda eleitoral começa na França, a 13 dias de votação

Cartazes de campanha podem ser colocados nos comitês dos candidatos, como neste do socialista François Hollande.
Cartazes de campanha podem ser colocados nos comitês dos candidatos, como neste do socialista François Hollande. REUTERS/Pascal Rossignol

A propaganda eleitoral para as eleições presidenciais francesas começam oficialmente a partir desta segunda-feira. Até o dia 21 de abril, todos os candidatos terão direito ao mesmo tempo de exposição nas rádios e televisões. Dezessete pessoas da agência pública que controla o setor do audivisual vão conferir que todas as emissoras respeitam um conjunto de regras muito restritas.

Publicidade

As rádios e televisões do país são obrigadas a dar o mesmo tempo de exposição jornalística para os 10 candidatos que concorrerão no primeiro turno das eleições francesas, em 22 de abril, qualquer que seja a participação dos partidos no Parlamento. A partir de hoje, os eleitores vão conhecer também os clips de propaganda elaborados por cada equipe de campanha. As produções serão difundidas em ordem determinada por sorteio nas mídias audiovisuais francesas, e podem ter ou 1min10s, ou 3min30s.

Nas ruas, a propaganda eleitoral também segue normas rigorosas estabelecidas pelo Código Eleitoral. Os candidatos só podem colar dois cartazes em cada um dos painéis espalhados pela cidade pelas prefeituras. O material deve ter exatamente o tamanho determinado pelas autoridades, precisa ser igual em todas as regiões do país e não pode ter as três cores da bandeira nacional ao mesmo tempo.

Para tentar contornar tantas regras, resta aos candidatos a organização de comícios por toda a França: somente nestes encontros, eles têm liberdade para se aprofundar nas propostas de governo para o país. Além disso, ao custo de muita negociação, a televisão pública France 2 conseguiu promover o único debate de toda a campanha para o primeiro turno. O programa, que na realidade não vai contar com confronto direto entre os participantes, será dividido em duas noites nesta semana, e cinco candidatos participarão de cada um.

Já no segundo turno, os dois prováveis concorrentes, o atual presidente, Nicolas Sarkozy, e o opositor socialista, François Hollande, já declararam estar prontos para se enfrentarem face a face.

 

*Clique aqui para saber mais sobre os candidatos e regras das eleições presidenciais francesas e confira os bastidores da campanha  na galeria de imagens.
* Não deixe de navegar pela série de matérias especiais e programas, aqui!
*Acompanhe o facebook da RFI Brasil, clicando aqui.
*Se você prefere o twitter, clique aqui.

 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.