Acesso ao principal conteúdo
França/Saúde

Começa processo penal contra laboratório fabricante do Mediator

Jacques Servier, fundador do laboratório fabricante do Mediator, na abertura do processo hoje em Nanterre.
Jacques Servier, fundador do laboratório fabricante do Mediator, na abertura do processo hoje em Nanterre. REUTERS/Charles Platiau

Começou hoje na França o primeiro processo penal contra o laboratório fabricante do Mediator, remédio indicado para diabéticos com problemas de sobrepeso. Durante 30 anos, o medicamento acabou sendo indevidamente receitado como moderador de apetite e pode ter causado a morte de 500 a 2.000 pessoas.

Publicidade

Neste processo aberto no Tribunal de Nanterre, na região parisiense, 350 pessoas que utilizaram o Mediator pedem indenização de 150 mil euros (380 mil reais) ao Laboratório Servier e a seu fundador, Jacques Servier. Outros quatro colaboradores do fabricante estão no banco dos réus. Eles podem pegar até 4 anos de prisão, ser condenados a pagar multa de 37.500 euros (95 mil reais) e ficar impedidos de exercer a profissão.

As vítimas acusam o laboratório Servier de tê-las enganado deliberadamente a respeito do princípio ativo do Mediator, a droga Benfluorex, que tem efeito inibidor do apetite e libera no organismo uma molécula tóxica parecida com a anfetamina. Essa molécula tóxica provoca hipertensão arterial pulmonar e triplica o risco de valvulopatias, deficiências nas válvulas do coração.

Servier compareceu à audiência no Tribunal de Nanterre. Fragilizado pela idade - o empresário está com 90 anos -, ele caminha com dificuldade mas respondeu, embora com a voz fraca, às perguntas do juiz. A defesa contesta a acusação de fraude com agravante apresentada pelas vítimas. O advogado do empresário, Hervé Témime, disse que o laboratório tem consciência de suas responsabilidades perante os consumidores, mas considera que Servier foi vítima de uma linchagem da imprensa. 

Colocado no mercado para o tratamento de diabéticos com problemas de sobrepeso, em 1976, o Mediator acabou sendo receitado como inibidor do apetite. O remédio pode ter causado a morte de 500 a 2 mil pessoas. O Mediator foi retirado do mercado francês em 2009.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.