Acesso ao principal conteúdo
França/Diane 35

Agência Europeia decidirá suspensão definitiva de Diane 35 em maio

Imagem da pílula Diane 35, utilizada no tratamento contra acne.
Imagem da pílula Diane 35, utilizada no tratamento contra acne. AFP/Philippe HUGUEN

Depois de anunciar a suspensão temporária da venda da pílula Diane 35 , Agência Europeia do Medicamento, divulgou um comunicado nesta nesta sexta-feira declarando que a decisão final sobre o uso do medicamento e seus genéricos ficará para maio.

Publicidade

Segundo o texto, a pedido das autoridades francesas, o comitê iniciou uma análise dos riscos da agência e uma "reavaliação em termos de segurança" da pílula produzida pelo laboratório Bayer e utilizada no tratamento contra a acne e também como contraceptivo. A agência europeia deverá adotar uma recomendação durante sua próxima reunião, que acontece de 13 a 16 de maio.

A pílula Diane 35 e seus genéricos foram suspensos no final de janeiro pela agência por questões de segurança e em razão de riscos associados à formação de coágulos sanguíneos, que estão na origem de casos de derrames cerebrais, além de outros acidentes graves.

O medicamento, na verdade, foi autorizado na França apenas para o tratamento contra a acne, mas os hormônios sintéticos que o compõem também exercem um efeito contraceptivo. O uso do remédio está associado à morte de quatro mulheres.A pílula Diane 35 é comercializada em mais de 116 países, inclusive no Brasil.

As autoridades já haviam pedido à agência que investigasse casos de derrame e embolia ocorridos com usuárias de pílulas de terceira e quarta geração, que trariam um risco elevado de trombose.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.