Acesso ao principal conteúdo
França/Política

Morre aos 84 anos o ex-primeiro-ministro francês Pierre Mauroy

Pierre Mauroy, morto nesta sexta-feira, vítima de um câncer, em foto de abril de 2012.
Pierre Mauroy, morto nesta sexta-feira, vítima de um câncer, em foto de abril de 2012. REUTERS/Jean-Yves Bonvarlet/Files

Figura histórica da esquerda francesa, o político morreu aos 84 anos vítima de um câncer no pulmão. Mauroy estava hospitalizado na região parisiense desde o início desta semana.

Publicidade

O ministro das Relações Exteriores da França, Laurent Fabius, anunciou nesta sexta-feira a morte de um ícone do socialismo francês, o ex-primeiro-ministro Pierre Mauroy. Ele foi o primeiro chefe de governo durante a presidência de François Mitterand, ocupando o cargo entre 1981 e 1984. Mauroy, internado desde o início da semana, foi vítima de um câncer no pulmão, e havia sido operado em abril. Em viagem oficial ao Japão, o presidente François Hollande afirmou que "morreu um pilar do socialismo francês". Ele ainda caracterizou o aliado político como "um homem que serviu a seu país respeitando seus valores fundamentais".

Mauroy foi um dos responsáveis pelas principais mudanças na lei trabalhista francesa no século passado. Ele diminuiu a jornada de trabalho semanal de 40 para 39 horas e reduziu a idade mínima para aposentadoria para 60 anos. Além disso, estendeu o período de férias remuneradas para cinco semanas.

Durante seu período como primeiro-ministro, porém, a estratégia de estimular a economia por meio do aumento do consumo interno não teve bons resultados, e Mauroy foi obrigado a tomar medidas de austeridade.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.