Acesso ao principal conteúdo
França/Imprensa

Imprensa francesa repercute acusação de espionagem da Petrobrás

Capa dos jornais franceses Libération, La Croix e Les Echos comentaram as revelações de que a Petrobrás teria sido alvo de espionagem dos EUA.
Capa dos jornais franceses Libération, La Croix e Les Echos comentaram as revelações de que a Petrobrás teria sido alvo de espionagem dos EUA.

As novas revelações de que a Petrobrás teria sido alvo de espionagem da NSA, a agência de segurança dos Estados Unidos, foram destaque nos jornais franceses nesta segunda-feira.

Publicidade

As revelações feitas neste domingo no programa Fantástico repercutiram hoje na imprensa francesa, que destaca que a NSA, agência nacional de segurança dos Estados Unidos, também usa serviços de espionagem para fins econômicos.

Segundo a reportagem, ao espionar a Petrobrás, a agência americana tinha como principal alvo obter informações sobre o pré-sal e sobre a tecnologia de exploração de petróleo em alta profundidade.

Nos documentos vazados por Edward Snowden a Glenn Greenwald, correspondente do jornal britânico The Guardian que vive no Brasil, o nome da Petrobrás aparece em um documento usado em um treinamento de agentes da NSA.

O documento revela ainda que os agentes também foram treinados para acessar a redes privadas do ministério das Relações Exteriores da França e do Google, além da rede Swift, que reúne diversos bancos.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, prometeu dar explicações sobre as acusações de espionagem contra o Brasil ainda nesta semana.

O chanceler brasileiro Luis Alberto Figuereido, deve se encontrar nesta quarta-feira com a conselheira americana para a segurança, Susan Rice, para discutir a questão.

Durante a Cúpula do G20, o presidente Obama disse que daria uma "resposta adequada" ao governo brasileiro, mas as relações entre os dois países superariam a tensão gerado pelo caso.

Os serviços de inteligência americanos justificam os atos de espionagem em nome da segurança nacional.

A expectativa é de que essa região da costa brasileira possa conter de 70 bilhões a 100 bilhões de barris de gás e óleo. Se confirmada essa previsão, o Brasil passaria a deter uma das maiores reservas de combustível fóssil do planeta.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.