Acesso ao principal conteúdo
França/Política

Hollande preside primeiro Conselho de ministros com a equipe de Manuel Valls

François Hollande e Manuel Valls, em foto no Palácio do Eliseu com a equipe de 16 ministres do novo governo.
François Hollande e Manuel Valls, em foto no Palácio do Eliseu com a equipe de 16 ministres do novo governo. REUTERS/Charles Platiau

O chefe de Estado francês, François Hollande, presidiu nesta sexta-feira (04) no Palácio do Eliseu, em Paris, o primeiro Conselho de ministros com o gabinete do novo primeiro-ministro, Manuel Valls. A nova equipe, mais enxuta, com apenas 16 ministros, foi orientada por Hollande para ser mais "eficiente" e "rápida" nas ações públicas.

Publicidade

O Conselho de ministros, que marca uma nova fase do governo socialista, após a derrota humilhante nas eleições municipais, foi a ocasião para o presidente Hollande e o novo premiê Valls dar um recado direto aos 16 ministros. Eles pediram para a equipe ser " exemplar", "solidária" e "coesa", na organização do trabalho e na comunicação. O governo anterior, do ex-primeiro-ministro Jean-Marc Ayrault, foi marcado por divergências públicas entre diversos membros da equipe.

"Coerência, eficiência, rapidez e ação pública serão os desafios desta segunda etapa do mandato", declarou o porta-voz do governo, Stéphane Le Foll, reproduzindo as declarações do presidente Hollande ao final da reunião, realizada na manhã desta sexta-feira.

No encontro, Hollande elogiou a "ação firme" do ex-premiê Ayrault durante os 22 primeiros meses de seu mandato, para mostrar que a nova equipe dará continuidade ao trabalho iniciado no governo anterior.

"Foto de família"

Ao final da reunião, que durou pouco mais de uma hora, os 16 ministros, sendo 8 homens e 8 mulheres, posaram para uma foto oficial ao lado do presidente francês. Ségolène Royal, ex-companheira de François Hollande, e que se tornou número três do governo ao assumir o ministério da Ecologia, Desenvolvimento Sustentável e Energia, posou à direita do premiê Valls.

De acordo com a Constituição, o Conselho de ministros autoriza o primeiro-ministro Manuel Valls a apresentar na próxima terça-feira, na Assembleia francesa, o plano de política geral, o compromisso e a responsabilidade do novo governo.

Os ecologistas, que se recusaram a integrar a equipe de Manuel Valls, avisaram que um voto de confiança dos "Verdes" vai depender da declaração e dos compromissos a serem anunciados pelo primeiro-ministro.

 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.