Acesso ao principal conteúdo
França/Aduana

França faz apreensão recorde de 13 toneladas de remédios falsos

O porto de Le Havre, na França, onde foram apreendidos os medicamentos falsos.
O porto de Le Havre, na França, onde foram apreendidos os medicamentos falsos. Reuters/Gonzalo Fuentes

A alfândega francesa anunciou nesta quinta-feira (10) ter descoberto um carregamento de 2,4 milhões de medicamentos falsificados produzidos na China. A apreensão, feita no final de fevereiro, é a maior já feita na Europa em relação a rémedios falsos.

Publicidade

A carga apreendida no porto da cidade de Le Havre, no norte do país, continha diversos medicamentos como aspirina, antidiarréicos e até distúrbios de ereção. Os remédios falsificados, apresentados em forma de sachês e comprimidos, estavam escondidos em 601 caixas onde estava escrito "Chá da China".

"Alguns comprimidos não continham nenhum princípio ativo e representam uma fraude ainda mais grave para o consumidor", afirmou a direção da aduana francesa. Outros medicamentos "tinham um princípio ativo que não correspondia à dose anunciada no produto original e podem provocar um sério risco para a saúde dos pacientes que foram enganados", informou a direção.

Em 2013, os medicamentos lideraram a lista dos produtos falsificados apreendidos na França. Eles representam 18% dos 7,6 milhões de artigos falsos descobertos pela polícia aduaneira.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.