Acesso ao principal conteúdo
França/ greve

Após pane, 2.300 passageiros ficam bloqueados em trens na França

Passageiros esperam por trens na Gare de Lyon em Paris, neste domingo.
Passageiros esperam por trens na Gare de Lyon em Paris, neste domingo. REUTERS/Christian Hartmann

Cerca de 2.300 passageiros de dois trens-bala que viajavam entre Paris e Nice foram obrigados a passar a noite nos vagões de sábado (14) para domingo (15), após uma pane elétrica que impediu os veículos de terminarem a viagem. A causa do problema está sendo investigada. Ferroviários, que estão em greve há cinco dias, deciciram manter paralisação nesta segunda-feira.

Publicidade

Por volta das 19h (14h em Brasília), uma pane elétrica em um trecho de sete quilômetros entre Toulon e Carnoules, no sul da França, obrigou os dois trens a pararem nos trilhos. Foi o início de uma longa noite de espera e indignação para os 2.300 passageiros.

O trem que se diria a Nice chegou ao destino por volta das 3h (22 em Brasília). Mas o que levava os passageiros para Paris só estacionou na capital às 10h45 (5h45), depois de ter de percorrer um longo trecho com uma locomotiva alimentada a diesel. Para esses clientes, a viagem totalizou 17 horas, ao invés das seis habituais.

Um porta-voz da companhia estatal SNCF explicou que a gestão do incidente foi mais complexa que o normal devido a uma greve dos ferroviários, que entrou neste domingo no quinto dia. Mesmo assim “dezenas de funcionários trabalharam a noite inteira para resolver o problema”, destacou. Os passageiros foram reembolsados e ganharam mais um bilhete de igual valor.

Greve permanece segunda-feira

Neste domingo, uma nova assembleia dos ferroviários decidiu pela continuidade da paralisação das atividades, contra uma reforma no setor que será apresentada nesta terça-feira pelo governo no Parlamento. O serviço permanece bastante afetado, com cerca de 50% dos trens cancelados, inclusive os longos trajetos, como Paris-Marselha.

O governo segue intransigente quanto à apresentação do projeto de lei, que prevê a criação de um único grupo ferroviário público, unindo duas estruturas já existentes.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.