Acesso ao principal conteúdo
França

Greve nos aeroportos de Paris afeta o tráfego e o horário dos voos

Funcionários dos aeroportos de Paris estão em greve
Funcionários dos aeroportos de Paris estão em greve Flickr/Caribb

O tráfego aéreo foi afetado nesta quinta-feira (12) no aeroporto Charles de Gaulle devido à greve dos funcionários da Associação dos Aeroportos de Paris (ADP), que vai até esta sexta-feira (13) e provocará uma redução de 20% dos voos. 

Publicidade

A paralização, que envolve todos os funcionários da ADP, empresa gestora dos aeroportos de Paris (Charles de Gaulle, Orly e Le Bourget), não afetou muito o tráfego no aeroporto de Orly. Mas haverá alguns atrasos hoje e amanhã, segundo a Direção Geral da Aviação Civil (DGAC), que afirma ter pedido às companhias aéreas a redução do número de voos.

Congelamento dos salários

A greve, convocada pelas organizações sindicais representativas da ADP (CGT, FO, CFE-CGC et UNSA), é contra a política salarial da direção da empresa, que decidiu congelar os salários em 2015, apesar da boa situação financeira do grupo.

Segundo os sindicatos, o grupo terá mais uma vez excelentes lucros. "O resultado bruto deverá chegar a € 2,8 bilhão. É um valor que torna incompreensível a moderação salarial imposta aos seus 6.900 empregados", diz a CGT.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.