Acesso ao principal conteúdo
Ciberataque/TV5 Monde

Canal francês TV5 Monde sofre ciberataque de jihadistas ligados ao grupo Estado Islâmico

Imagem de arquivo do canal TV5 Monde, em Paris.
Imagem de arquivo do canal TV5 Monde, em Paris. AFP/Pierre Verdy

A televisão francesa TV5 Monde foi vítima de um ciberataque na noite desta quarta-feira (8). Tanto os programas da emissora quanto o seu site e páginas nas redes sociais foram invadidos por piratas que se diziam representantes do grupo Estado Islâmico.

Publicidade

No lugar dos programas do canal, é exibida uma mensagem com os dizeres "Je suis IS", em referência à "Islamic State", sigla dos extremistas em inglês. A frase também se refere à expressão "Je suis Charlie" que se espalhou pelo mundo, após os ataques contra a sede do jornal satírico francês, em janeiro.  

Documentos apresentados como carteiras de identidade e currículos de pessoas próximas de militares franceses envolvidos em operações contra o grupo Estado Islâmico foram publicadas nas páginas da TV5.

Em entrevista à RFI, o diretor-geral da rede, Yves Bigot, contou que o ataque começou às 22 horas de ontem. "Não conseguimos difundir nossos programas em nenhum canal no mundo. No lugar, a apareceu uma grande tela preta e perdemos o controle do nosso site na internet", disse.

Bigot explicou que toda a equipe técnica da emissora foi mobilizada no mundo inteiro. "Temos muitos colaboradores para tentar estabelecer a totalidade dos nossos programas o mais rapidamente possível. Mas não temos ainda a noção de quanto tempo isso vai levar", explicou.

Em um comunicado, a TV5 informou na manhã desta quinta-feira (9) que poderá transmitir apenas os programas que foram gravados, mas que ainda não é possível emitir os programas ao vivo.

Ataque "inaceitável"

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, declarou hoje pelo Twitter que esse ataque cibernético contra a liberdade de expressão é "inaceitável". A ministra francesa da Comunicação, Fleur Pellerin, reúne os diretores das maiores empresas de comunicação do país hoje para discutir formas de prevenção ao ataque de piratas cibernéticos.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.