Acesso ao principal conteúdo
França

Inundações no sul da França fazem 17 mortos

Localidade de Biot, arredores de Nice, no sul da França atingido por inundações 3 e 4 de outubro.
Localidade de Biot, arredores de Nice, no sul da França atingido por inundações 3 e 4 de outubro. REUTERS/Eric Gaillard

17 mortos e 4 desaparecidos é o balanço ainda provisório das inundações que atingiram este fim-de-semana, a região sul da França, nomeadamente, as cidades turísticas de Nice e Cannes, com muitos estragos igualmente.

Publicidade

Inundações no sul da França, nomeadamente, nas cidadesturísticas de Nice e sobretudo Cannes, que sofreu mais estragos materiais, na região dos Alpes-Marítimos, provocaram pelo menos 17 mortos e 4 desaparecidos, sobretudo, durante a noite deste sábado, 4 de outubro..

O  Presidente francês, François Hollande, deslocou-se imediatamente, à região e sobretudo às localidades mais sinistradas, dirigindo uma mensagem de solidariedade às pessoas, sobretudo aos familiares das vítimas desta catástrofe natural.

A região está praticamente paralizada em termos de transportes ferroviários, não havendo, por exemplo, comboios entre Marselha, Toulon e Nice, os autocarros, não funcionam nalgumas zonas de difícil acesso e as escolas estão fechadas a parrtir de amanhã, segunda-feira, 5 de outubro.

Apesar deste balanço negativo, o dia deste domingo, 4 de outubro, esteve ensolarado, com bom tempo, registando-se uma forte baixa das inundações.

Mas estas cheias apanharam as pessoas desprevenidas e há muita tristeza, com as gentes a deplorar as mortes, disse à RFI, José Gonçalves, "Zézim", ex-animador cultural e desportivo e dirigente associativo caboverdiano, residente, em Nice há mais de 30 anos.

Oiça aqui a sua entrevista e diga-nos se gostou ou não nos comentários, recomendando também este conteúdo, entre os seus amigos nas redes sociais:

 

 

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.