Acesso ao principal conteúdo
Revista de Imprensa

Violência contra dirigentes da Air France

Áudio 04:26
Primeira páginas dos diários franceses de 6/10/2015
Primeira páginas dos diários franceses de 6/10/2015 RFI

As primeiras páginas dos jornais franceses apresentam-se diversificadas, mas mesmo assim, há o tema da violência na companhia aérea francesa Air France, que está presente em toda a imprensa.LE FIGARO, titula os extremistas da Air France vão matar a companhia?, ilustrado por duas fotografias, do director geral-adjunto, de camisa e casaco rasgados e ,o director de recursos humanos, de tronco nú e em estado de choque, entre uma multidão excitada.Inqualificável, afirma LE FIGARO, no seu editorial, para sublinhar que estas imagens nao engrandecem o diálogo social à francesa.Air France, Injusificável, replica L'AUJOURDUI, também com a foto do director de recursos humanos de tronco nú, para sublinhar que os dois dirigentes da companhia aérea francesa foram agredidos durante uma comissão central de trabalhadores, sob alta tensão, no momento em que são confirmados cerca de 2.900 despedimentos na empresa.L'HUMANITE, dá relevo às eleições legislativas portuguesas, com o jornal a perguntar quem vai governar Portugal? A direita ficou à frente sem maioria, o PS não tirou proveito desse voto sanção e o Bloco de esquerda e os comunistas, totalizam mais de 18 por cento.Em relação à África, o economista francês Thomas Piketti, autor do livro best-seller "O Capital do século XXI, alusÃo a Marx, escreve no LIBERATION sobre a África do sul para dizer que houve o  fim do apartheid que permitiu uma igualdade formal dos direitos cívicos fundamentais, mas nao reduziu as desigualdades abissais das condições de vida. 220 anos depois da queda do apartehid, na África do sul não há direito a um emprego e um salário decentes, nao há direito a uma educação de qualidade ou direito ao acesso à propriedade, acrescenta THomas Piketti, no LIBERATION.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.