Acesso ao principal conteúdo
Mundo

Air France perde mil postos em 2016

Presidente executivo da Air France Frederic Gagey.
Presidente executivo da Air France Frederic Gagey. REUTERS/Jacky Naegelen

A direcção da companhia aérea francesa Air France confirmou que virá a suprimir 1.000 posto de trabalho em 2016, por mútuo acordo. A Air France emprega actualmente 52 500 trabalhadores.  

Publicidade

No início desta semana, a Air France anunciou o despedimento de mais de 2.900 trabalhadores. De acordo com  sindicatos, citado pela agência noticiosa France Presse, a Air France não deu quaisquer garantias quanto ao número total de trabalhadores que vão para a rua até 2017.

O director executivo da Air France Alexandre de Juniac, anunciava um plano de reestruturação social da transportadora aérea francesa que prevê que sejam despedidos no total 2.900 trabalhadores nos próximos dois anos.

A primeira fase acontecerá no próximo ano, altura em que vão para a rua cerca de mil trabalhadores, por mútuo acordo. Os restantes em 2017 e que poderá aumentar as tensões sociais na transportadora aérea.

O secretário-geral da CGT, um das maiores centrais sindicais francesas, Didier Fauverte confirmou estes número e criticou a direcção por esta não esclarecer junto dos seus trabalhadores quais os postos que vão deixar de existir.

Em Setembro passado, tanto a direcção da Air France como sindicatos não chegaram a acordo quanto ao novo plano de reestruturação "Perform 2020" com vista a equilibrar as contas da empresa relativamente à concorrência das companhias "low cost". Na altura, o desacordo fora tal que acabou em violência física obrigando alguns membros da direcção da transportadora aérea francesa a fugir da reunião.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.