Acesso ao principal conteúdo
França

Governo francês adiou nova lei laboral

Myriam El Khomri, ministra do trabalho.
Myriam El Khomri, ministra do trabalho. REUTERS/Vincent Kessler

Em França, a proposta de nova lei laboral foi adiada. O Governo admitiu querer falar do assunto com os sindicatos e o patronato de forma a eliminar todos os mal-entendidos.

Publicidade

O adiamento do exame do projecto de nova lei laboral pelo conselho dos ministros não significa que a lei vai ser enterrada assegurou o governo, e o presidente francês, François Hollande, acrescentou que nada é pior que o imobilismo num momento em que a contestação ao projecto organiza-se com um primeiro encontro na rua no dia 9 de Março.

O Primeiro-ministro Manuel Valls decidiu adiar para 24 de Março o exame pelo conselho dos ministros. Em declarações à imprensa, Manuel Valls afirmou que a lei é para avançar de qualquer forma.

Ouça a crónica sobre a lei laboral com as declarações de Manuel Valls.

De notar que na próxima semana Manuel Valls recebe os sindicatos e o patronato para preparar igualmente o terreno com os deputados do Partido Socialista antes do exame do projecto na Assembleia em Abril.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.