Acesso ao principal conteúdo
Revista de Imprensa

Nacionalidade em França e problemas de Lula no Brasil

Áudio 03:56
Primeiras páginas dos jornais franceses de 18 de março de 2016
Primeiras páginas dos jornais franceses de 18 de março de 2016 RFI

Lei da nacionalidade e código do trabalho em França, ou Iémen esquecido e uma Argélia sem rumo, são alguns dos grandes temas da imprensa diária francesa.LE MONDE, dá o tom sobre a destituição de nacionalidade com o Presidente Hollande forçado a recuar. O Senado recusou ontem votar o princípio da destituição de nacionalidade nos mesmos moldes que a Assembleia nacional.O voto do Senado, apesar das advertências do primeiro-ministro, Valls torna impossível a medida anunciada pelo presidente em novembro de 2015, nota LE MONDE. Por seu lado, L'HUMANITÉ,  faz a sua manchete com as manifestações de mais de 15 mil jovens esta quinta-feira em toda a França contra a lei do trabalho. O presidente Hollande é desafiado nas ruas por esta juventude que ele pensava gostar dele e da sua política, nota L'HUMANITÉ. Sobre o Brasil, LE MONDE, escreve que a nomeação do ex- presidente, Lula da Silva, como ministro de Dilma Roussef, foi suspenso por um juiz e que isto tudo oscila entre a tragédia e a farsa. Lula, que foi o presidente dos pobres agora é apanhado nas malhas de um sistema de corrupção e tem problemas com a justiça, nota LE MONDE.Em relação à África, LE MONDE dá relevo à rude batalha, de Zinsou, no Benim. Violenta campanha presidencial com derrapagens racistas, contra este primeiro-ministro, Zinsou? candidato na segunda volta, deste domingo, visto com um mestiço franco-beninês. O mesmo LE MONDE refere-se, igualmente, ao governo líbio que é contestado pelas milícias, sabendo que o primeiro-ministro, Sarraj, instalado no estrangeiro e apoiado pela ONU não faz unanimidade em Tripoli.  

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.