Acesso ao principal conteúdo
França

França: novas medidas contra o terrorismo

Manuel Valls, primeiro-ministro francês.
Manuel Valls, primeiro-ministro francês. REUTERS/Philippe Wojazer

Um novo plano contra o terrorismo e a radicalização foi apresentado esta segunda-feira pelo primeiro-ministro francês, Manuel Valls. Esse plano prevê de colocar o dobro das capacidades para ajudar os jovens a não ceder ao jihadismo.

Publicidade

Um centro de reinserção para pessoas radicalizadas ou susceptíveis de cair no jihadismo vai ser criado em todas as regiões francesas até ao fim de 2017, anunciou Manuel Valls, primeiro-ministro francês, quando divulgou os planos de luta contra o terrorismo.

Esse plano, com um orçamento de 40 milhões de euros suplementares até 2018, quer aumentar as capacidades para ajudar os jovens que são activos nas redes jihadistas ou que podem entrar nessas redes.

O primeiro centro vai ser aberto já este verão, confirmou Manuel Valls em conferência de imprensa, acrescentando que as primeiras pessoas poderão ser "pessoas arrependidas e nas quais vamos acreditar que têm a vontade de serem reintegradas".

Ouça as declarações do primeiro-ministro francês Manuel Valls quando anunciou uma série de medidas destinadas a reforçar a segurança e o acompanhamento de cidadãos franceses regressados do jihad, sobretudo da Síria.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.