Acesso ao principal conteúdo
CANNES/CINEMA

Início da competição no Festival de cinema de Cannes

Os membros do júri na abertura do Festival a 11 de Maio de 2016.
Os membros do júri na abertura do Festival a 11 de Maio de 2016. REUTERS/Regis Duvignau

Arranca hoje a competição no Festival de cinema de Cannes, com a projecção de "Rester verticale" do francês Alain Guiraudie e "I, Daniel Blake", do britânico Ken Loach. Fora da competição, na selecção oficial "Hissein Habré, uma tragédia chadiana" traz para os holofotes testemunhos das vítimas do ex presidente do Chade, cujo julgamento decorre em Dacar.

Publicidade

Vidas despedeçadas que testemunham na pele da tortura que sofreram nas cadeias chadianas, com os cadáveres a servirem de almofada aos demais presos...

"Depois de se fazer justiça, ao fim de uma batalha jurídica de 15 anos ainda por concluir, temos que poder chorar os nossos mortos"... relata uma testemunha.

 

RFI

A emoção passa também pelo encontro inédito entre um carrasco,  um guarda do regime Habré, e a sua vítima, em que o agressor acaba por pedir perdão ao ex preso... "Sê homem" ! diz-lhe a vítima", "não voltes a ser um cão como no passado... onde foste um pau mandado sem contestar ordens" !
 

Uma máquina da morte de arrepiar que promete marcar os espíritos deste festival.

 

RFI/Miguel Martins

Presente no certame està o realizador português Nuno Baltazar, com residência artística em Paris para preparar a sua primeira longa metragem "Fronteira", uma história da imigração cabo-verdiana em Portugal. Ele assume a sua satisfação por participar neste festival.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.