Acesso ao principal conteúdo
França

João Sousa na 2ª ronda de Roland Garros

DR

O tenista português defendeu esta tarde o seu estatuto de 26.º cabeça de série do Grand Slam Roland Garros frente ao bósnio Damir Dzumhur em cinco sets: 2-6, 7-6 (10-8), 6-4 e 7-5.

Publicidade

Foram precisas 3:04 horas e cinco sets para que João Sousa, actual número 29.º do ranking mundial, ultrapassasse o 73.º jogador da hierarquia. 

Na próxima ronda, João Sousa mede forças com o vencedor do encontro entre o italiano Andreas Seppi, número 38.º, e o letão Ernests Gulbis, cotado no posto 80 do ranking.

"Foi um encontro muito difícil, principalmente, a nível psicológico. Acho que fiz um esforço tremendo para dar a volta ao encontro. O estilo de jogo dele é desconfortante para mim e, realmente, ele conseguiu fazer mossa, principalmente, no primeiro set. No segundo set estive por cima muito mais acutilante, mais agressivo.Tive um momento de muitas dúvidas para fechar o encontro e consegui mentalmente estar muito bem. O desenrolar do encontro favoreceu-me, e a partir de ter ganho o segundo set ganhei alguma confiança, comecei a jogar melhor e consegui vencer", descreveu o tenista português João Sousa ao microfone do jornalista Marco Martins.

Nos restantes encontros de hoje não houve surpresas; o número um do mundo Novak Djokovic saiu vencedor do seu encontro frente a Yen-Hsun Lu  pelos parciais de 6-4, 6-1 e 6-1. O sérvio continua a procurar a primeira vitória em Roland Garros.

O espanhol Rafael Nadal também venceu ao australiano Sam Groth com um triplo 6-1 e o britânico Andy Murray  derrotou o checo Radek Stepanek por 3-6, 3-6, 6-0, 6-3 e 7-5.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.