Acesso ao principal conteúdo
França

Dia de jejum e oração em Saint-Etienne du Rouvray

Igreja de Santa Teresa em Saint-Etienne du Rouvray
Igreja de Santa Teresa em Saint-Etienne du Rouvray RFI

Em Saint-Etienne du Rouvray o dia ficou marcado pela deslocação dos paroquianos à outra igreja da cidade para prestar homenagem ao pároco Jacques Hamel, degolado por dois terroristas autores de um atentado reivindicado pelo grupo extremista auto proclamado estado islâmico.

Publicidade

A investigação em torno do assassínio do padre Jacques Hamel vitima do atentado terrorista, na terça-feira passada, à igreja de Saint-Etienne du Rouvray prossegue. Sabe-se agora que três pessoas, próximas de um dos terroristas, foram detidos e estão a ser ouvidos pelas autoridades francesas.

Nos últimos três dia, a igreja Santa Teresa de Madrillet passou a ser a única a acolher os seus fiéis, situada a dois quilómetros do centro de cidade onde se encontra a igreja de Saint-Etienne que se encontra, agora, delimitada por barreiras de segurança.

Esta manha, eram onze horas quando as portas da igreja Santa Teresa se abriram para acolher dezenas de fiéis que quiseram prestar homenagem ao padre auxiliar de Saint-Etienne.

Num gesto simbólico, alguns muçulmanos passaram na igreja antes de se dirigirem à mesquita, para a tradicional reza de sexta-feira.

Todos os fieis que se recolheram durante cerca de três horas, aproximaram se de uma fotografia do padre e deixaram flores.

Este é, alias, um dos manifestos que se registam em vários pontos da cidade. A câmara municipal tem a sua fachada coberta por um manto preto, a cidade esta de luto. Em frente à casa do padre Jacques Hamel continuam a ser depositadas flores e velas para lembrar uma figura que durante mais de cinquenta anos serviu a cidade e os seus fieis.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.