Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Nomeado novo Governo francês

Áudio 06:13
O presidente Emmanuel Macron com Édouard Philippe, nomeado ontem primeiro-ministro francês.
O presidente Emmanuel Macron com Édouard Philippe, nomeado ontem primeiro-ministro francês. LOIC VENANCE / AFP

Foi hoje anunciado o novo Governo francês. Entre pesos pesados da política, como Gérard Collomb, nomeado para o Ministério do Interior, ou François Bayrou, ministro da Justiça, há também caras novas e sem qualquer experiência no mundo político: um dos exemplos é o de Laura Flessel, antiga campeã olímpica de esgrima, que se tornou hoje na nova ministra do Desporto.Macron parece também ter feito um verdadeiro exercício de equilibrista. De Bruno Le Maire, candidato às primárias da direita e do centro, a Jean-Yves le Drian, ex-ministro da Defesa de François Hollande, há espaço para várias sensibilidades políticas.No entanto, a palavra que reina entre os 22 candidatos nomeados é a da paridade total: 11 homens e 11 mulheres, 11 membros com histórico político e 11 vindos da sociedade civil.São estes alguns dos temas que analisamos com o nosso convidado de hoje, Rafael Lucas, professor no Instituto Ibero-americano da Universidade francesa de Bordéus, que considera que este novo Governo responde a uma verdadeira lógica de alquimia.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.