Acesso ao principal conteúdo
França

Estaleiros navais : Itália e França limam arestas

Ministro da Economia e Finanças francês Bruno Le Maire
Ministro da Economia e Finanças francês Bruno Le Maire REUTERS/Stephane Mahe/File Photo

Durante o mandato de François Hollande foi decidido que o estaleiro da STX em Saint-Nazaire deveria ser gerido pelos italianos da Fincantieri, mas Emmanuel Macron decidiu que a medida ia contra os interesses do país e nacionalizou, de forma temporária, o estaleiro.

Publicidade

Depois do encontro de ontem entre o Ministro francês das Finanças, Bruno Le Maire, e os seus homólogos italianos, a França e a Itália estabeleceram como data limite o dia 27 de Setembro, data da cimeira Franco – italiana, para resolver a crise suscitada pela nacionalização dos estaleiros em Saint-Nazaire, de forma "reciprocamente aceitável".

“Decidimos esperar até 27 de Setembro, à cimeira com França. Teremos tempo para superar as diferenças”, afirmou Pier Carlo Padoan, ministro da Economia e Finanças italiano.

Emmanuel Macron quer voltar a discutir os termos da compra, o governo francês quer uma gestão “50%-50%”, mas os italianos não parecem estar disponíveis para negociar.

Para eurodeputado Paulo Rangel, a Itália deseja aproveitar-se da situação como trunfo nas futuras eleições internas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.