Acesso ao principal conteúdo
França

Alain Juppé afasta-se dos Republicanos

Alain Juppé, ex-primeiro-ministro francês
Alain Juppé, ex-primeiro-ministro francês PASCAL LACHENAUD / AFP

O antigo primeiro-ministro Alain Juppé anunciou hoje que não renovou o seu cartão do partido de direita, Os Republicanos, agora sob a direcção de Laurent Wauqiez.

Publicidade

Alain Juppé, presidente da câmara de Bordéus e o candidato derrotado às primárias da direita em 2017 anunciou esta segunda-feira o seu afastamento do partido Os Republicanos.

"Não renovei a minha quota e não tenciono fazê-lo. Já não tomo assento nas instâncias de direcção do partido embora seja membro de pleno direito. Coloquei-me numa posição de recuo, vou observar o que acontece nos próximos meses, em particular na perspectiva das eleições europeias", sublinhou o ex-primeiro-ministro de França.

A decisão de Alain Juppé prende-se com a nova linha do partido, agora liderada por Laurent Wauquiez, o novo patrão controverso de Os Republicanos que parece afastar os centristas.

Eric Woerth, deputado de Os Republicanos, sublinha que Juppé voltará atrás na sua decisão:"É a escolha de Alain Juppé, não a de Laurent Wauquiez. Respeito-a e espero que um dia ele voltará atrás nesta escolha."

Depois do anúncio de divórcio com Os Republicanos, o possível namoro com o Em Marcha!, o partido de Emmanuel Macron, pelo menos nas palavras entusiastas de Manuel Valls, ex-primeiro-ministro socialista e agora "macronista": "Estamos em presença de um movimento e de uma mudança, bem-vindo a Alain Juppé."

Esta é a dissidência mais sonante de Os Republicanos desde que Laurent Wauquiez chegou à liderança do partido.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.