Acesso ao principal conteúdo
França

Frente Nacional: Marine Le Pen apela a alianças

União Nacional é a nova designação do partido de extrema-direita em França
União Nacional é a nova designação do partido de extrema-direita em França REUTERS/Pascal Rossignol

União Nacional é a nova designação do partido de extrema-direita de Marine Le Pen. O anúncio foi feito ontem durante o congresso do partido que decorreu em Lille e que reelegeu Marine Le Pen com 100% dos votos.

Publicidade

As alterações no partido tinham sido anunciadas em Maio do ano passado quando Marine Le Pen perdeu as eleições presidenciais, depois de algumas baixas no partido, nomeadamente a saída de Florian Philippot visto como o braço direito da líder do partido.

Este domingo (11/03) em Lille, Marine Le Pen apresentou a União Nacional como uma força que “pretende aliar-se a outros partidos” e que procura acima de tudo a "chegar ao poder".

Esta mudança de nome pretende limpar a imagem do partido conotado ao racismo, anti-semitismo e associado ao nome Frente Nacional, força criada por Jean Marie Le Pen, pai de Marine Le Pen.

Marine Le Pen, única candidata à sua própria sucessão, foi reeleita ontem para presidente do partido com 100% dos votos expressos, após uma votação por correspondência, cujos resultados foram proclamados na convenção do partido.

No congresso "refundador" esteve o antigo conselheiro do Presidente dos Estados Unidos, Steve Bannon, que defendeu que a história está do lado dos partidos mais à direita, dando como exemplo o que aconteceu nas eleições legislativas em Itália, ou ainda o crescimento da extrema-direita na Hungria e na Polónia.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.