Acesso ao principal conteúdo
França

Caso Benalla : ministro do Interior francês vai ser interrogado

Ministro do Interior Gérard Collomb.
Ministro do Interior Gérard Collomb. REUTERS/Lisi Niesner/File Photo

Foram hoje detidos mais três polícias por terem mostrado imagens de video vigilância a Alexandre Benalla, filmado a agredir um manifestante no passado 1 de Maio. O chefe de segurança do Presidente francês está sob custódia policial desde ontem.

Publicidade

A partir de segunda-feira a comissão parlamentar de inquérito conduz audiências abertas ao público. Por enquanto não se sabe quantas pessoas vão ser ouvidas para além do ministro do interior francês.

Além de Gérard Collomb, a comissão parlamente de inquérito quer ouvir uma dezena de pessoas, número insuficiente par a oposição como afirma o deputado d'Os Republicanos. "Devemos ouvir todas as pessoas envolvidas neste caso incluindo os mais altos responsáveis do Estado" apela Eric Ciotti. O deputado da oposição que questiona a existência de "uma polícia paralela organizada pelo partido no poder".

A oposição acusa o Presidente Emmanuel Macron de não se pronunciar sobre o assunto. A maioria parlamentar tenta acalmar a agitação por intermédio da deputada d'A República em Marcha Naima Moutchou "por questões jurídicas, não é possível ouvir os que estão em detenções preventiva a não ser que nos armemos em procuradores".

Uma batalha juridica mas também política, a lista das audiências conduzidas pela comissão parlamentar que promete não parar por aqui.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.