Acesso ao principal conteúdo
França

França: Redoine Faïd detido após três meses de fuga

Prédio onde foi detido Redoine Faïd.
Prédio onde foi detido Redoine Faïd. JACQUES DEMARTHON / AFP

O homem mais procurado da França, Redoine Faïd, foi detido na madrugada desta quarta-feira, 3 de Outubro, três meses depois da sua fuga de helicóptero de uma prisão onde cumpria uma pena de 25 anos.

Publicidade

A novela chegou ao fim. Após três meses de fuga, Redoine Faïd acabou por ser detido em Creil, no Norte da Região parisiense, ele que fugiu da prisão de Réau a 1 de Julho. O assaltante de bancos tinha fugido de helicóptero numa operação que durou poucos minutos num centro penitenciário na Região Parisiense.

Redoine Faïd foi detido com várias armas, mas, no momento da sua detenção, não ofereceu resistência. Não houve nenhum ferido na operação, que terminou ainda com seis detidos, um deles, irmão do criminoso.

Recorde-se que Redoine Faïd, de 46 anos, cumpria uma pena de 25 anos por uma tentativa de assalto, em 2010, na qual morreu uma polícia, Aurélie Fouquet.

Não foi a primeira vez que o foragido tinha escapado à polícia: Em 2013 evadiu-se da prisão de Lille-Séquedin, no Norte do país, numa operação muito mais violenta, na qual foram utilizados explosivos e até houve vários reféns. No entanto foi encontrado um mês depois num hotel na região parisiense.

Por fim de lembrar que Redoine Faïd escreveu dois livros, onde explica como foi crescer como delinquente nos subúrbios de Paris. Ele deu entrevistas a vários canais de televisão, tendo chegado a manifestar o seu arrependimento em relação ao passado e jurado estar determinado a mudar de vida.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.