Acesso ao principal conteúdo
FRANÇA

Pugilista agressor de polícias com apoio financeiro

Christophe Dettinger
Christophe Dettinger Captura de vídeo

Em França foi encerrada a recolha de fundos em prol do pugilista que no sábado passado em Paris agredia polícias com socos e murros. Uma outra campanha foi organizada, mas em prol dos polícias feridos durante os protestos dos coletes amarelos.

Publicidade

A plataforma de recolha de fundos Leetchi acabou por decidir nesta terça-feira não aceitar mais donativos em prol do pugilista Christophe Dettinger.

Esta manhã mais de 117 000 euros tinham sido recolhidos por forma a apoiar a defesa de um antigo pugilista profissional, ex campeão de França de meios pesados.

O também conhecido como "Cigano de Massy" acabou por se entregar nesta segunda-feira à polícia após a difusão dos vídeos da sua agressão a polícias, em pleno protesto dos coletes amarelos, com murros dirigidos por ele contra o escudo e mesmo contra o capacete dos agentes de segurança.

Ele alegou ter reagido mal à fúria que sentira pela suposta repressão policial.

Nas redes sociais  Dettinger recebeu muitas mensagens de encorajamento de pessoas que o caracterizavam como um herói ou como um Robin dos bosques.

A campanha de recolha de fundos a seu favor foi muito criticada por vários dirigentes políticos, caso do presidente de uma província do Sul do país, Renaud Muselier, da direita, a iniciar também uma outra campanha, mas desta feita em prol dos polícias feridos nestas manifestações.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.