Acesso ao principal conteúdo
FRANÇA

Jérôme Rodrigues: colete amarelo lusodescendente

Jérôme Rodrigues, um dos líderes dos Coletes amarelos evacuado em Paris a 26 de Janeiro de 2019.
Jérôme Rodrigues, um dos líderes dos Coletes amarelos evacuado em Paris a 26 de Janeiro de 2019. AFP/Zakaria ABDELKAFI

Jérôme Rodrigues, um dos rostos do movimento Coletes Amarelos foi ouvido esta tarde pela DGSI (Direcção Geral de Segurança Interna). Em declarações à RFI, explicou tratar-se de um procedimento normal, para relatar às autoridades a sua versão dos factos.A «polícia das polícias», como é conhecida em França, tenta assim averiguar as condições em que Jérôme Rodrigues foi atingido no olho direito.

Publicidade

De relembrar que no sábado passado este lusodescendente foi atingido em Paris quando estava a fazer um directo no Facebook, em plana manifestação dos Coletes Amarelos.

Acabou por se socorrido no local e posteriormente transferido para o hospital onde foi operado.

Questionado sobre o quadro clinico, Jérôme Rodrigues sublinhou que perdeu a íris, no entanto precisa agora aguardar que a hemorragia desapareça para que possa ser avaliado o seu grau de visão, que em todo o caso segundo o colete amarelo não voltará a ser a mesma.

Em curso estava o décimo primeiro fim de semana de contestação dos "Coletes amarelos", movimento que contesta desde 17 de Novembro a política fiscal, social e económica do governo.

Protestos que frequentemente têm degenerado em violência com registo de desacatos com a polícia e de agressões a instalações públicas, caso do Arco do Triundo, um dos principais monumentos da capital.

Os Coletes amarelos anunciam nova mobilização para este sábado, 2 de Fevereiro, onde um dos lemas principais é homenagear os feridos aquando dos protestos denunciando a suposta "violência da polícia".

De referir que esta alega ter actuado sempre em legítima defesa para conseguir salvaguardar a ordem pública e denuncia a violência inédita deste movimento de contestação.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.