Acesso ao principal conteúdo
FRANÇA

França: Filme brasileiro aposta em festival de documentários

O Centro Pompidou de Paris é um dos principais recintos do festival.
O Centro Pompidou de Paris é um dos principais recintos do festival. Siegfried Forster / RFI

Decorre até dia 24 de Março em Paris a 41a edição do festival de cinema documental. A Rosa azul de Novalis é um filme brasileiro em competição internacional de Gustavo Vinagre e Rodrigo Carneiro. Trata-se de um filme sobre Marcelo, um homem gay de São Paulo, seropositivo.

Publicidade

Gustavo Vinagre, em declarações a Carina Branco, conta que tem estado sempre apostado, até por razões económicas, nos seus filmes, em se focar sempre numa única personagem.

Ele que no ano passado conseguira dois prémios, incluindo o de melhor primeiro filme.

As recompensas atribuídas na edição de 2018 ter-lhe-iam permitido avançar com esta segunda longa metragem, de 70 minutos, e pagar mesmo a equipa do filme anterior.

O português Tiago Hespanha também concorre este ano com o filme Campo, obra que é projectada nesta quarta-feira no certame da capital francesa.

O festival decorre, nomeadamente, no Centro Georges Pompidou, mas tem também sessões no Forum des images e ainda no Cinema Le Louminor Hôtel de Ville, recintos todos eles no centro de Paris.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.