Acesso ao principal conteúdo
França

França frusta atentado contra a polícia

Direcção Geral da Segurança Interna francesa
Direcção Geral da Segurança Interna francesa Lionel BONAVENTURE / AFP

Quatro pessoas foram detidas devido a suspeitas de estarem a preparar um atentado contra as forças da ordem. A notícia é avançada pelo ministério público de Paris.

Publicidade

Os detidos estão sob custódia policial, desde sexta-feira, havendo provas de que pretendiam comprar armas com o objetivo de levarem a cabo uma acção terrorista muito em breve.

Um dos detidos é menor, e tinha já sido condenado, pelo tribunal de menores, em fevereiro, a três anos de prisão, por associação de malfeitores terrorista, quando tentava fugir para a Síria, tendo, no entanto, beneficiado de um adiamento de dois anos.

Os outros três detidos são conhecidos por crimes de delito comum.

O ministro francês do interior confirma, no entanto, existirem indícios significativos que levam a temer um atentado importante.

Christophe Castaner falava aos jornalistas durante a sessão de lançamento da célula de alerta para prevenção do suicídio policial.

As interpelações dos detidos foram feitas no âmbito dum inquérito preliminar aberto pelo ministério público de Paris, a 1 de fevereiro, devido a suspeitas de acções terroristas contra polícias.

Recorde-se que as forças policiais figuram entre os alvos do Estado Islâmico, apesar de a organização ter sido já desativada em terras iraquianas e sírias.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.