Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Marcha de homenagem a Steve: entre a tristeza e a revolta

Protesto contra a violência policial depois da morte de Steve Maia Caniço
Protesto contra a violência policial depois da morte de Steve Maia Caniço RFI/Guilherme Monteiro

Foi com palmas, um minuto de silencio, cartazes, flores e fotografias que largas dezenas de pessoas se reuniram nesta manha de sábado, em Nantes, para uma homenagem a Steve Maia Caniço.Junto ao local onde o corpo do jovem apareceu, viram-se muitas lágrimas, mas ao mesmo tempo revolta.Para muitos continua ainda por explicar a carga policial feita naquela noite fatídica. O caso de Alberto Carvalho, produtor de uma radio da cidade de Nantes, e Maria Jose Neto, dirigente associativa local, e que falaram à RFI.

Publicidade

Reportagem na marcha de homenagem a Steve Maia Caniço, em Nantes

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.