Acesso ao principal conteúdo
França

Paris semeia memória de Marielle Franco

Marinete da Silva, mãe de Marielle Franco
Marinete da Silva, mãe de Marielle Franco RFI

Paris inaugurou este sábado um novo jardim em homenagem à vereadora brasileira Marielle Franco, assassinada em Março de 2018 no Rio de Janeiro.

Publicidade

O jardim Marielle Franco situa-se junto da estação de comboio Gare de l'Est, no décimo bairro Paris. Trata-se de um jardim suspenso, com três terraços e uma vista para uma das principais estações de comboio da capital francesa.

Na inauguração estiveram presentes mais de 500 pessoas, entre elas os familiares de Marielle Franco. A activista brasileira defendia as "flores da resistência", lembra a filha de Marielle, Luyara Santos.

A Marielle "era uma pessoa muito iluminada. Depois de dia 14 de Março deixou várias sementes e estar neste jardim hoje é muito significativo", afirmou a filha da activista.

Para Marinete da Silva, a mãe da vereadora, esta homenagem é uma forma de pressionar o governo brasileiro a quem pede justiça pela morte da filha.

"Uma homenagem deste tamanho é mais uma forma de pressionar o governo brasileiro a ter um olhar diferente em relação ao caso da minha filha porque independentemente da Marielle ser uma activista, a Marielle era um ser humano plural", lembra Marinete da Silva.

Esta semana o nome de Marielle Franco foi indicado para o Prémio Sakharov atribuído pela União Europeia pela luta a favor dos direitos humanos. Na lista foram indicados três outros nomes brasileiros: o líder Caiapó Raoni, o antigo deputado federal Jean Wyllys (PSOL) e a defensora da Amazónia Claudilice Silva dos Santos.

O assassínio de Marielle Franco levantou várias manifestações de solidariedade em França. A fotografia da vereadora brasileira ficou meses exposta em vários prédios da capital francesa, entre eles o edifício da Câmara Municipal de Paris, que colocaram a imagem da activista brasileira nas fachadas.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.